SCTDO SOCIAIS
INÍCIO

Riverdale & Punho de Ferro: os pecados dos protagonistas

De um lado a adaptação dos quadrinhos do Archie e do outro Punho de Ferro, mais uma adaptação dos quadrinhos da Marvel. Com Riverdale encaminhando-se para o episódio final da temporada nesta semana e Punho de Ferro armazenado no Netflix há um bom tempo, já é possível dizer que as duas séries ficaram devendo e muito.

Riverdale leva alguma vantagem sobre Punho de Ferro, por que a ideia inicial, que parece ser uma espécie de sátira das séries adolescentes disfarçada pelo romance policial, algumas vezes consegue se manifestar com sucesso. Parte da transgressão vem do lado Twin Peaks, mas ao contrário da série de David Lynch, que fazia uma sátira das novelas, o lado policial de Riverdale não é interessante ou bem trabalhado: a solução final chega a beirar o ridículo e eles nunca conseguiram criar uma cadeia de suspeitos ampla o suficiente para alimentar o mistério. Em Twin Peaks o mistério é constante, intenso e ampliado pela presença do sobrenatural. Sem contar que Dale Cooper é um dos mais interessantes detetives da ficção, um peso pesado do nível de Sherlock Holmes ou Poirot.

Em Punho de Ferro não existe esta intenção, de fato, não sabemos bem qual é a intenção da série. Na superfície é uma série de super-heróis com artes-marciais e no fundo, é uma série de super-heróis com artes-marciais. A trama sobre o controle da Hand não é interessante nem chega ser mais do que parte da luta de Danny contra o tentáculo. Sentimos que toda a série é um mero passo para a série dos Defensores. Estamos ali de passagem para introduzir dois personagens.

Outra vantagem de Riverdale é que os personagens secundários (ou nem tão secundários assim) são mais bem aproveitados e consistentes: Jughead, Betty e Veronica têm momentos interessantes e a série os modifica o suficiente para que também possam ser uma novidade para os fãs dos quadrinhos. A série não os faz existir em função do protagonista e os atores estão muito bem, especialmente Camila Mendes como Veronica (e quem sabe, como Zatana um dia?).

Já em Punho de Ferro o roteiro nem parece saber o que fazer com os personagens secundários. Rosario Dawson sabe muito bem como Claire deve ser comportar, mas ela parece cair de paraquedas na série. Com o tempo, fica bem claro que ela está ali para servir de elo entre os Defensores . Eles chegam a estraga-la um pouco, colocando-a em combates como se ela fosse um side-kick. Colleen que começou como uma personagem interessante acabou virando apenas a namorada de Danny. Ela chega a dizer que toda a fúria que ela sentia necessidade de extravasar em lutas clandestinas foi apaziguada pela proximidade dela com Danny. Toda personalidade dela parece suprimida pelo papel de namorada do herói. Não ajuda que a relação deles parece ser forçada e que na verdade, ela deveria sentir é mais vontade de sair socando pessoas quando Danny está por perto.

Os dois personagens mais interessantes da série, Joy e Ward, são muito bem defendidos pelos dois atores. A história de Ward, sua queda, o vício e o relacionamento com o pai são a trama mais interessante da série. Pena, que os escritores parecem não ter sacado o potencial dos dois personagens e toda essa trama, hora parece completamente isolada da história, hora parece ser apenas usada para realçar como o pai deles, Harold, é malzinho.

Em parte, o roteiro de ambas as série fica a desejar, mas algo elas têm em comum e que causa mais dano: os protagonistas, Danny e Archie, são péssimos. Em Riverdale, KJ Apa nem ruivo era. E Finn Jones nem lutar sabe. Mas ruim mesmo é a atuação dos dois. Isso compromete ambas as séries e fica a dúvida: como eles vão aguentar a segunda temporada de Riverdale (já confirmada) e Defensores?

Punho de Ferro talvez tenha falhado por ter uma ambição pequena, mas ter gerado uma expectativa enorme. Riverdale por outro lado talvez tenha falhado por uma ambição grande demais: Twin Peaks elevou o nível alto demais e convenhamos, é possível, bem possível que até David Lynch falhe com o novo Twin Peaks. A própria segunda temporada de Twin Peaks falou em alcançar o patamar da primeira temporada.  Esse tipo de sátira é bem difícil de ser feita… mas você já desconfiou. Eu estava o tempo todo falando de Twin Peaks.

 

Quem quiser me ouvir falando de Punho de Ferro, Riverdale e outras séries e filmes baseados em HQs, basta clicar aqui e acompanhar o X-POILERS!


#twinpeaks #punhodeferro #riverdale

Deixe seu comentário

Mais Séries de TV