Fear the walking dead
Fear the walking dead

O conceito de filme B já existia quando A Noite dos Mortos Vivos foi lançando. Roger Corman era o seu rei: produções baratas que preenchiam os nichos abertos nos cinemas mais baratos espalhados pelos Estados Unidos. Por causa de um vacilo da distribuidora do filme, a obra caiu em domínio público e com isso pode ser distribuída por tudo quanto é canto sem grandes ônus. E também copiada sem que George Romero ganhasse nada com isso.

Existiram várias versões dos mortos-vivos que copiaram descaradamente a obra de Romero, que apesar de barata, é muito competente na forma de apresentar a tensão e a eventual violência. Essas versões raramente melhoraram o filme tecnicamente e repetem muitas das ideias do original. Você sabe quando está assistindo uma dessas cópias. Tá na cara. É o filme B do filme B. B².

Nesta semana, Fear the walking dead voltou. Apesar da produção contar com alguns dos responsáveis pela The Walking Dead, você sabe que é uma versão mais barata da série mais famosa. É a mesma sensação de assistir os filmes que copiavam o filme original de Romero. Se há alguma coisa que sustenta a série principal é que ela tem cara da superprodução. Fear the Walking Dead them cara de novela da Globo.

O que é estranho, os roteiros de ambas promovem alguns dos mais chatos diálogos da televisão, mas como Fear tem menos dinheiro, nada de mortos-vivos impressionantes e realistas, menos atores e tudo mais que o dinheiro pode comprar. O resultado é que é uma série menos pretensiosa e você até pensa: se esse ator fosse melhor, se o roteiro fosse melhor, o personagem Nick – por que o primeiro capítulo foi somente com ele – vivendo em meio aos walkers (na revista existe um grupo de personagens que se comportam deste jeito, mas que ainda não surgiram na televisão) poderia ser interessante.

Poderia. Mas é uma produção Z, sem ser capaz sequer de aproveitar que o tema é feito para esse tipo de produção e que se perde em um dramalhão barato de telenovelas. Quando The Walking Dead morrer, não haverá nada que sustente Fear the walking Dead. Simples assim.


#walkingdead #fearthewalkingdead

Deixe seu comentário